Rádio Clube de Inhapim

Evangelho do dia

Sábado, 24 de fevereiro de 2024

Mateus 5,43-48

Proclamação do santo Evangelho segundo Mateus – Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo, amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! 45Assim vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons e faz cair a chuva sobre justos e injustos. 46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Reflexão

Amar os inimigos não é atitude espontânea nem fácil. Trata- se de ensinamento inteiramente novo na época de Jesus e, ainda hoje, ressoa incompreensível aos que não conhecem a Deus. No entanto, Jesus não hesita em exigir de nós um amor sem restrições. Fazer o bem a quem nos odeia, rezar por quem nos persegue, tudo isso está em sintonia com o jeito de Deus amar, pois o Pai celeste é bom e misericordioso com justos e injustos. Além disso, o próprio Jesus atinge o grau máximo do amor. Ele mesmo dissera: “Ninguém tem amor maior do que alguém que dá a vida pelos amigos” (Jo 15,13). Quanto aos inimigos, Jesus os surpreendeu com sincera expressão de amor, nascida do seu coração e dos seus lábios, na hora derradeira: “Pai, perdoa-lhes, porque eles não sabem o que estão fazendo” (Lc 23,34).